COMPANHIA DE JESUS

CARDIM, Fernão S. J. TRATADOS DA TERRA E GENTE DO BRASIL. Rio de Janeiro, J. Leite & Cia., 1925.

FURLONG Cardiff S. J., Padre Guillermo. CARTOGRAFIA JESUÍTICA DEL RIO DE LA PLATA. Buenos Aires, Tallers S. A Casa Jacobo, 1936, vol. I-II.

FURLONG Cardiff S. J., Padre Guillermo. MISIONES Y SUS PUEBLOS DE GUARANIES. Posadas, edição do autor, 1978.

LEITE S. J., Padre Serafim. CARTAS DOS PRIMEIROS JESUÍTAS DO BRASIL. São Paulo. Comissão do IV Centenário da Cidade de São Paulo, 1954, tomos I-III.

LEITE S. J., Padre Serafim. HISTÓRIA DA COMPANHIA DE JESUS NO BRASIL. Rio de Janeiro, Instituto Nacional do Livro, 1938-1950, vol. I-X.

MONTOYA S. J., Antonio Ruiz. LA CONQUISTA ESPIRITUAL DE PARAGUAY HECHA POR LOS RELIGIOSOS DE LA COMPAÑIA DE JESUS EN LAS PROVINCIAS DE PARAGUAY, PARANA, URUGUAY Y TAPE. Asunción, El Lector, 1996. Primeira Edição: Madrid, Imprenta de Reyno, 1639.

PASTELLS, Pablo, S. J. HISTORIA DE LA COMPAÑÍA DE JESUS EN LA PROVINCIA DEL PARAGUAY. Madrid, Victoriano Suárez, 1912-1949, tomos I-VIII.

 

CRONISTAS E VIAJANTES

AZARA, Félix. GEOGRAFÍA FÍSICA Y ESFÉRICA DE LAS PROVINCIAS DEL PARAGUAY Y MISIONES GUARANÍES. Anales del Museo Nacional de Montevideo: Sección Histórico- Filosófica: Tomo I. Montevideo, 1904.

FLORENCE, Antoine Hercule Romuald. VIAGEM FLUVIAL DO TIETÊ AO AMAZONAS: DE 1825 A 1829. Brasília, Edições do Senado Federal, 2007. Primeira Edição: 1875. cf

MAWE, John. TRAVELS IN THE INTERIOR OF BRAZIL. London, Printed for Longman, Hurst, Rees, Orme and Brown, 1812.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. VIAGEM ÀS NASCENTES DO RIO SÃO FRANCISCO E À PROVÍNCIA DE GOIÁS. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1937, tomos I-II. 1ª edição?

SAINT-HILAIRE, Auguste de. VIAGEM À PROVÍNCIA DE SÃO PAULO: 1819. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1976. 1ª edição: Paris, Arthus Bertrand, 1851.

 

DOCUMENTAÇÃO

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO: 1562-1596. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo: Volume I: Século XVI. São Paulo, Duprat e Companhia, 1914.

ATAS DA CÂMARA VILA DE SÃO PAULO: 1596-1622. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo: Volume II: Séculos XVI – XVII. São Paulo, Duprat e Companhia, 1915.

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO: 1623-1628. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo: Volume III: Século XVII. São Paulo, Duprat e Companhia, 1915.

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO: 1629-1639. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo: Volume IV: Século XVII. São Paulo, Duprat e Companhia, 1915.

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO: 1640-1652. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo: Volume V: Século XVII. São Paulo, Tipografia Piratininga, 1915.

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO: 1653-1678. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo. Volume VI: Século XVII. São Paulo, Tipografia Piratininga, 1915.

ATAS DA CÂMARA DA VILA DE SÃO PAULO 1656-1669. Publicação Oficial do Arquivo Municipal de São Paulo. Volume Anexo ao Volume VI: Século XVII. São Paulo, Tipografia Piratininga, 1915.

LIVRO DO TOMBO DO MOSTEIRO DE SÃO BENTO DA CIDADE DE SÃO PAULO. Transcrição anotada do manuscrito original de 1776, que integra a coleção de códices do Arquivo do Mosteiro, por Dom Martinho Johnson O. S. B. Prefácio de Sérgio Buarque de Holanda. São Paulo, Mosteiro de São Bento de São Paulo, 1997.

MACETA, Simón; MANCILLA, Justo. RELACIÓN DE LOS AGRAVIOS QUE HICIERON ALGUNS VEZINOS Y MORADORES DE LA VILLA DE SAN PABLO DE PIRATININGA DE LA CAPITANIA DE SAN VICENTE DEL ESTADO DEL BRASIL, SAQUEANDO LAS ALDEAS DE LOS PADRES LA COMPAÑÍA DE JESUS EN LA MISSION DE GUAYRA Y CAMPOS DE YGUAÇU EN LA GOVERNACION DEL PARAGUAY CON GRANDISIMO MENOSPRECIO DEL SANCTO EVANGELIO EN EL AÑO DE 1629. BLANCO, Ricardo Román. LAS ‘BANDEIRAS’: INSTITUCIONES BÉLICAS AMERICANAS. Brasília, Editora da Universidade de Brasília, 1966, p. 461-483.

 

HISTÓRIA DO BRASIL

ABREU, João Capistrano de. CAPÍTULOS DE HISTÓRIA COLONIAL (1500-1800) & OS CAMINHOS ANTIGOS E O POVOAMENTO DO BRASIL. Quinta Edição, revista, prefaciada e anotada por José Honório Rodrigues. Brasília, Editora Universidade de Brasília, 1963.

BELMONTE (Benedito Carneiro Bastos Barreto). NO TEMPO DOS BANDEIRANTES. São Paulo, Departamento de Cultura do Município de São Paulo, 1940.

BLANCO, Ricardo Román. LAS ‘BANDEIRAS’: INSTITUCIONES BÉLICAS AMERICANAS. Brasília, Editora da Universidade de Brasília, 1966.

BOXER, Charles Ralph. O IMPÉRIO MARÍTIMO PORTUGUÊS. Lisboa, Edições 70, sem data.

BOXER, Charles Ralph. SALVADOR DE SÁ E A LUTA PELO BRASIL E ANGOLA: 1602-1686. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1973.

BRUNO, Ernani da Silva. ARRAIAL DE SERTANISTAS: 1554-1828. História e Tradições da Cidade de São Paulo: volume 1. São Paulo, Hucitec, 1984.

BRUNO, Ernani da Silva. O EQUIPAMENTO DA CASA BANDEIRISTA, SEGUNDO OS ANTIGOS INVENTÁRIOS E TESTAMENTOS. São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura, 1977.

BRUNO, Ernani da Silva. HISTÓRIA E TRADIÇÕES DA CIDADE DE SÃO PAULO. São Paulo, Hucitec, 1984, vol. I-III.

CANABRAVA, Alice Piffer. O COMÉRCIO PORTUGUÊS NO RIO DA PRATA: 1580-1640. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1984.

COSTA, Cláudio Manoel da. VILLA RICA: Poema de Cláudio Manoel da Costa árcade ultramarino com o nome de Glauceste Saturnio, oferecido ao Ilustríssimo e Excelentíssimo Senhor José António Freire de Andrada, Conde de Bobadela, etc., etc., no ano de 1773. Ouro Preto, Tipografia do Estado de Minas, 1897.

COSTA, Cláudio Manoel da. FUNDAMENTO HISTÓRICO. Vila Rica: p. IX- XXX. Ouro Preto, Tipografia do Estado de Minas, 1897.

ELLIS Junior, Alfredo. MEIO SÉCULO DE BANDEIRISMO. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1948.

FERREIRA, Manoel Rodrigues. AS BANDEIRAS DO PARAUPAVA. São Paulo, Prefeitura Municipal, 1977.

FRANCO, Francisco de Assis Carvalho. DICIONÁRIO DE BANDEIRANTES E SERTANISTAS DO BRASIL. São Paulo, Comissão do IV Centenário da Cidade de São Paulo, 1953.

FRANCO, Francisco de Assis Carvalho. HISTÓRIA DAS MINAS DE SÃO PAULO. São Paulo, Conselho Estadual de Cultura, 1964.

HOLANDA, Sérgio Buarque de (Direção). HISTÓRIA GERAL DA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA. Tomo I, volumes 1 e 2: A ÉPOCA COLONIAL. São Paulo, Difusão Européia do Livro, volume 1: 1976, volume 2, 1977. Primeira Edição: 1960.

LUÍS, Washington. CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DA CAPITANIA DE SÃO PAULO: GOVERNO DE RODRIGO CÉSAR DE MENEZES. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo: vol. 8, 1903, p. 22-137. São Paulo, Tipografia do Diário Oficial, 1904.

LUÍS, Washington. HISTÓRIA DA CAPITANIA DE SÃO PAULO: GOVERNO DE RODRIGO CÉSAR DE MENEZES. São Paulo, Tipografia Casa Garroux, 1918. 2ª Edição: São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1938.

LUÍS, Washington. NA CAPITANIA DE SÃO VICENTE. São Paulo, Livraria Martins, 1956. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1980. 1ª Edição: A CAPITANIA DE SÃO VICENTE. São Paulo, Tipografia Casa Garroux, 1918.

 MACHADO, (José de) Alcântara. VIDA E MORTE DO BANDEIRANTE. São Paulo, Secretaria da Cultura, Ciência e Tecnologia, 1978. Primeira Edição: 1929.

MADRE DE DEUS, Frei Gaspar. MEMÓRIAS PARA A HISTÓRIA DA CAPITANIA DE SÃO VICENTE, HOJE CHAMADA DE SÃO PAULO, DO ESTADO DO BRASIL, PUBLICADAS DE ORDEM DA ACADEMIA REAL DAS CIÊNCIAS POR FREI GASPAR DA MADRE DE DEUS, MONGE BENEDITINO E CORRESPONDENTE DA MESMA ACADEMIA. Lisboa, na Tipografia da Academia, 1797, com licença de Sua Majestade.

MAGALHÃES, Basílio. DOMINGOS JORGE VELHO. Revista do Brasil: vol. IV, p. 260-264. São Paulo, Propriedade de uma Sociedade Anônima, Janeiro-Abril de 1917.

MILLIET, Maria Alice. TIRADENTES: O CORPO DO HERÓI. São Paulo, Martins Fontes, 2001.

MILLIET, Sérgio. INTRODUÇÃO. José de Alcântara Machado: Vida e Morte do Bandeirante, p. 15-23. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1980.

MONTEIRO, John Manuel. NEGROS DA TERRA: ÍNDIOS E BANDEIRANTES NAS ORIGENS DE SÃO PAULO. São Paulo, Companhia das Letras, 1994.

NÓBREGA, Melo. HISTÓRIA DO RIO TIETÊ. São Paulo, Governo do Estado, 1978.

OLIVEIRA, Jair de; CHIERIGHINI, Hélio; FRANCISCO, Luís Roberto de. MEMÓRIA DE ITU. Itu, Gráfica Gavioli, 2011.

PITA, Sebastião da Rocha. HISTÓRIA DA AMÉRICA PORTUGUESA, desde o ano de mil e quinhentos do seu descobrimento até o de mil e setecentos e vinte e quatro. Lisboa Ocidental, na Oficina de Joseph António da Silva Impressor da Academia Real, 1730.

PRADO Junior, Caio. A CIDADE DE SÃO PAULO: GEOGRAFIA E HISTÓRIA. São Paulo, Brasiliense, 1998.

PRADO Junior, Caio. EVOLUÇÃO POLÍTICA DO BRASIL E OUTROS ESTUDOS. São Paulo, Brasiliense, 1971.

PRADO Junior, Caio. FORMAÇÃO DO BRASIL CONTEMPORÂNEO: COLÔNIA. São Paulo, Brasiliense, 1953.

PRADO Junior, Caio. HISTÓRIA ECONÔMICA DO BRASIL. São Paulo, Brasiliense, 1959.

RIBEIRO, João. HISTÓRIA DO BRASIL: CURSO SUPERIOR segundo os programas do Colégio Pedro II. Rio de Janeiro, Livraria Francisco Alves, 1935. 1ª edição: 1900.

RODRIGUES, José Honório. AFONSO DE ESCRAGNOLE TAUNAY E A HISTÓRIA DO BRASIL. História Combatente: p. 233-254. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1982.

RODRIGUES, José Honório. HISTÓRIA DA HISTÓRIA DO BRASIL: PARTE 1: HISTORIOGRAFIA COLONIAL. São Paulo, Editora Nacional, 1979.

RODRIGUES, José Honório. UM HISTORIADOR CABOCLO E A SUA OBRA: CAPISTRANO DE ABREU. História Combatente: p. 226-232. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1982.

RODRIGUES, José Honório. VARNHAGEN: O PRIMEIRO MESTRE DA HISTORIOGRAFIA BRASILEIRA: 1816-1878. História Combatente: p. 191-225. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1982.

SAMPAIO, Teodoro Fernandes. SÃO PAULO NO SÉCULO XIX. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo: vol. VI, 1900-1901, p. 159-203. São Paulo, Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, 1902. Republicado em SÃO PAULO NO SÉCULO XIX E OUTROS CICLOS HISTÓRICOS: p. 61-106. Petrópolis, Editora Vozes, 1978.

SOUTHEY, Robert. HISTÓRIA DO BRASIL. São Paulo, Obelisco, 1965, vol. I-VI. 1ª edição: Londres,1810-1819, vol. I-III.

STELLA, Roseli Santaella. O DOMÍNIO ESPANHOL NO BRASIL DURANTE A MONARQUIA DOS FELIPES: 1580-1640. São Paulo, Centro Universitário Ibero-Americano, 2000.

TAPAJÓS, Vicente. HISTÓRIA DO BRASIL. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1957.

TAQUES de Almeida Pais Leme, Pedro. HISTÓRIA DA CAPITANIA DE SÃO VICENTE com um escorço biográfico do autor por Afonso de Escragnole Taunay. São Paulo, Editora Companhia Melhoramentos, sem data.

TAQUES de Almeida Pais Leme, Pedro. NOBILIARQUIA PAULISTANA HISTÓRICA E GENEALÓGICA. São Paulo, Livraria Martins, 1953, tomos I-III.

TAQUES de Almeida Pais Leme, Pedro. NOTÍCIAS DAS MINAS DE SÃO PAULO E DOS SERTÕES DA MESMA CAPITANIA. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1980.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. ESTUDOS DE HISTÓRIA PAULISTA. São Paulo, Diário Oficial, 1927.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. HISTÓRIA DAS BANDEIRAS PAULISTAS. São Paulo, Edições Melhoramentos, sem data (1951), vol. I-II.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. HISTÓRIA GERAL DAS BANDEIRAS PAULISTAS escrita à vista de avultada documentação inédita dos arquivos brasileiros, espanhóis e portugueses. São Paulo, Tipografia Ideal de Heitor L. Canton e Imprensa Oficial do Estado, 1924-1950, vol. I-XI.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. HISTÓRIA SEISCENTISTA DA VILA DE SÃO PAULO, ESCRITA À VISTA DE AVULTADA DOCUMENTAÇÃO INÉDITA DOS ARQUIVOS BRASILEIROS E ESTRANGEIROS. São Paulo, Tipografia Ideal – Heitor L. Canton, 1926-1929, vol. I-IV.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. NA ERA DAS BANDEIRAS. São Paulo, Melhoramentos, 1922.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. NON DUCOR, DUCO: NOTÍCIAS DE SÃO PAULO: 1565-1820 . São Paulo, Tipografia Ideal – Heitor L. Canton, 1927.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. PIRATININGA: ASPECTOS SOCIAIS DE SÃO PAULO SEISCENTISTA. São Paulo, Tipografia Ideal – Heitor L. Canton, 1923.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. RELATOS MONÇOEIROS. São Paulo, Livraria Martins Editora, 1953.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. RELATOS SERTANISTAS. São Paulo, Livraria Martins Editora, 1953.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. SÃO PAULO NO SÉCULO XVI: HISTÓRIA DA VILA PIRATININGANA. Tours, E. Arrault & Cia., 1921.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. SÃO PAULO NOS PRIMEIROS ANOS: 1554-1601: ENSAIO DE RECONSTITUIÇÃO SOCIAL. Tours, E. Arrault & Cia., 1920.

TAUNAY, Afonso de Escragnole; MORAES, Dicamor. HISTÓRIA DO BRASIL para o Segundo Ano Colegial. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1958.

TORRES, Maria Celestina Teixeira Mendes. MANUEL FERNADES RAMOS, UM VEREADOR SERTANISTA: ASPECTOS DA VIDA MUNICIPAL DE SÃO PAULO NO SÉCULO XVI. Revista do Arquivo Municipal: vol. CLXXIX: p. 113-188. São Paulo, Arquivo Municipal de São Paulo, 1969.

VARNHAGEN, Francisco Adolfo de. HISTÓRIA GERAL DO BRASIL. Rio de Janeiro, E.e H. Laemmert, vol. I: 1854, vol. II: 1857.

SALVADOR, Frei Vicente do. HISTÓRIA DO BRASIL por Frei Vicente do Salvador, natural da Bahia. Edição revista por Capistrano de Abreu. São Paulo, Weiszflog Irmãos, 1918.

SCHWARTZMAN, Simon: BOMENY, Helena Maria Bousquet; COSTA, Vanda Maria Ribeiro. TEMPOS DE CAPANEMA. São Paulo, Paz e Terra, 1984.

 

HISTÓRIA DA ARTE

HISTÓRIA DA ARTE BRASILEIRA

AMARAL, Aracy. A HISPANIDADE EM SÃO PAULO. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1981.

ANDRADE, Mário. A CAPELA DE SANTO ANTÔNIO. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 1, p. 119-125. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1937.

CERQUEIRA, Carlos Gutierrez; SAIA Neto, José. PESQUISAS EM TORNO DE UM MONUMENTO (SÍTIO DO PADRE INÁCIO). São Paulo, 9ª Coordenadoria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1997.

COSTA, Lúcio. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 1, p. 31-39. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1937.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. CAPELAS ANTIGAS DE SÃO PAULO. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 5, p. 105-120. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1941.

KATINSKY, Júlio Roberto. ARQUITETURA BRASILEIRA NO BRASIL COLONIAL. São José do Rio Preto, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho, 1981.

KATINSKY, Júlio Roberto. CASAS BANDEIRISTAS: NASCIMENTO E RECONHECIMENTO DA ARTE EM SÃO PAULO. São Paulo, Instituto de Geografia da Universidade de São Paulo, 1976.

LEMOS, Carlos Alberto Cerqueira. CASA PAULISTA: HISTÓRIA DAS MORADIAS ANTERIORES AO ECLETISMO TRAZIDO PELO CAFÉ. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1999.

LEMOS, Carlos Alberto Cerqueira. NOTAS SOBRE A ARQUITETURA TRADICIONAL PAULISTA. São Paulo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, 1969.

MAYUMI, Lia. TAIPA, CANELA PRETA E CONCRETO: ESTUDO SOBRE O RESTAURO DE CASAS BANDEIRISTAS. São Paulo, Romano Guerra Editora, 2008.

MORI, Victor Hugo; LEMOS, Carlos Alberto Cerqueira; Castro, Adler H. Fonseca de.      ARQUITETURA MILITAR: UM PANORAMA HISTÓRICO A PARTIR DO PORTO DE SANTOS. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado, 2003.

PEREIRA, Baptista. A CIDADE DE ANCHIETA. Revista do Arquivo Municipal: vol. XXIII, p. 1-123. São Paulo, Arquivo Municipal, maio de 1936.

REIS Filho, Nestor Goulart. IMAGENS DE VILAS E CIDADES DO BRASIL COLONIAL. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado, 2000.

REIS Filho, Nestor Goulart. SÃO PAULO: VILA, CIDADE, METRÓPOLE. São Paulo, Prefeitura Municipal, 2004.

RODRIGUES, José Wasth. A CASA DE MORADIA NO BRASIL ANTIGO. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 9, p. 159-197. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1945.

SAIA, Luís. A CASA BANDEIRISTA: UMA INTERPRETAÇÃO. São Paulo, Comissão do IV Centenário da Cidade de São Paulo, 1955.

SAIA, Luís. MORADA PAULISTA. São Paulo, Perspectiva, 1972.

SAIA, Luís. NOTAS SOBRE A ARQUITETURA RURAL PAULISTA DO SEGUNDO SÉCULO. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 8, p. 211-275. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1944. Também editado na revista Bem Estar: nº 1, p. 34-48. São Paulo, fevereiro-março de 1958. E em Textos Escolhidos da Revista do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: Arquitetura Civil I: p. 221-281. São Paulo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, 1975. E em Morada Paulista: p. 61-117. São Paulo, Editora Perspectiva, 1978.

SAIA, Luís. NOTAS SOBRE A EVOLUÇÃO DA MORADA PAULISTA e NOTAS RELACIONADAS COM A TECTÔNICA DEMOGRÁFICA DE SÃO PAULO. São Paulo, Acrópole, 1957.

SAIA, Luís. O ALPENDRE NAS CAPELAS BRASILEIRAS. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 3, p. 235-249. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1939.

SALA, Dalton. BANDEIRANTES E JESUÍTAS NAS TERRAS DA VERA CRUZ. Diário Oficial Leitura: nº 87, p. 8-9. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, agosto de 1989.

SALA, Dalton. BANDEIRAS PAULISTAS. Revista Skultura: inverno de 1988, p. 16-19. São Paulo, Jarina, 1988.

SALA, Dalton (organizador). BENEDITO CALIXTO: MEMÓRIA PAULISTA. São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 1990.

SALA, Dalton. BENEDITO CALIXTO: MEMÓRIA PAULISTA: FRAGMENTOS CRÍTICOS E BIOGRÁFICOS. Benedito Calixto: Memória Paulista: p. 83-118. São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 1990.

SALA, Dalton. ENSAIOS SOBRE ARTE COLONIAL LUSO-BRASILEIRA. São Paulo, Landy, 2000.

SALA, Dalton. O FANTASMA DE SANTO ANTÔNIO. Revista Skultura, verão de 1991, p. 20-22. São Paulo, Jarina, 1991. Também publicado em Ensaios sobre Arte Colonial Luso-Brasileira: p. 75-84. São Paulo, Landy Editora, 2002.

SANT’ANA, Nuto. A IGREJA DOS REMÉDIOS. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e artístico Nacional: nº 1, p. 127-137. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1937.

SEVERO, Ricardo. ARQUITETURA VELHA. A Cigarra: nº 39, p s/nº (20-22). São Paulo, 31 de Março de 1916.

SEVERO, Ricardo. A ARTE TRADICIONAL DO BRASIL: DA ARQUITETURA. Revista do Brasil: vol. IV, p. 394-424. Conferência realizada no dia 31 de Março de 1917, a convite do Grêmio Politécnico de São Paulo. São Paulo, Propriedade de uma Sociedade Anônima, Janeiro-Abril de 1917.

SILVA-NIGRA, Dom Clemente Maria da. FREI AGOSTINHO DA PIEDADE, O ARTISTA-RELIGIOSO. Salvador, Diário de Notícias, 9 de abril de 1961.

SILVA-NIGRA, Dom Clemente Maria da. FREI AGOSTINHO DA PIEDADE, RELIGIOSO DE SÃO BENTO: NOTAS SOBRE SUA VIDA E SUAS OBRAS. Revista do Instituto Brasileiro de História da Arte, nº 1, p. 11-32. Rio de Janeiro, 1954.

SILVA-NIGRA, Dom Clemente Maria da. OS DOIS ESCULTORES: FREI AGOSTINHO DA PIEDADE – FREI AGOSTINHO DE JESUS E O ARQUITETO FREI MACÁRIO DE SÃO JOÃO. Salvador, Universidade Federal da Bahia, 1971.

SILVA-NIGRA, Dom Clemente Maria da. OS RELICÁRIOS DE FREI AGOSTINHO DA PIEDADE. Salvador, Diário de Notícias, maio de 1961.

SMITH, Robert Chester. ARQUITETURA CIVIL DO PERÍODO COLONIAL. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 17, p. 27-125. Rio de Janeiro, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1969. Republicado em Arquitetura Civil I: p. 95-190. São Paulo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, 1981.

SMITH, Robert. Chester. URBANISMO COLONIAL NO BRASIL. Bem Estar: nº 1, p. 14-22. São Paulo, fevereiro-março de 1958.

 

LITERATURA DE FICÇÃO

ALENCAR, José de. A NETA D’ ANHANGUERA. Revista do Brasil: vol. IV, p. 231-246. São Paulo, Propriedade de uma Sociedade Anônima, Janeiro-Abril de 1917.

BARROS FERREIRA. BORBA GATO. São Paulo, Editora Saraiva, 1955.

BARROS FERREIRA. FERNÃO DIAS PAIS, GOVERNADOR DAS ESMERALDAS. São Paulo, Melhoramentos, sem data.

MARINS, Francisco. EXPEDIÇÃO AOS MARTÍRIOS. São Paulo, Melhoramentos, 1966.

MARINS, Francisco. O BUGRE DO CHAPÉU DE ANTA. São Paulo, Melhoramentos, 1965.

SANT’ANNA, Sonia. Memórias de um Bandeirante. São Paulo, Global, 2001.

SETÚBAL, Paulo. A BANDEIRA DE FERNÃO DIAS. São Paulo, Editora Saraiva, 1971.

SETÚBAL, Paulo. OS IRMÃOS LEME. São Paulo, Editora Saraiva, 1948.

 

PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO

ANDRADE, Mário. CARTAS DE TRABALHO: CORRESPONDÊNCIA COM RODRIGO MELO FRANCO DE ANDRADE: 1936-1945. Brasília, Ministério da Educação e Cultura, 1981.

ANDRADE, Rodrigo Melo Franco de. CARTAS A MÁRIO DE ANDRADE. Rodrigo e o SPHAN: p. 119-149. Rio de Janeiro, Ministério da Cultura, 1987.

ANDRADE, Rodrigo Melo Franco de. PALESTRA PROFERIDA POR RODRIGO MELO FRANCO DE ANDRADE, EM OURO PRETO, A 1 DE JULHO DE 1968. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 17, p. 11-26. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Cultura, 1969.

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo, EMPLASA, 1984.

CARRAZZONI, Maria Elisa (Coordenação) GUIA DOS BENS TOMBADOS DO BRASIL. Rio de Janeiro. Ed. Expressão e Cultura, 1987.

COSTA, Lúcio. LÚCIO COSTA: DOCUMENTOS DE TRABALHO. Organização de José Pessoa. Rio de Janeiro, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1999.

ELIAS, Maria José. MUSEU PAULISTA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. O Museu Paulista da Universidade de São Paulo: p. 7-13. São Paulo, Banco Safra, 1984.

ESPAÇOS MUSEOLÓGICOS DO DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO. São Paulo. Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Município de São Paulo, sem data.

FALCÃO, Joaquim. POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO E DEMOCRACIA. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 20, p. 45-49. Brasília, Subsecretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1984.

GORDINHO, Margarida Cintra. PATRIMÔNIO DA METRÓPOLE PAULISTANA. São Paulo, Editora Terceiro Nome, 2010.

GORDINHO, Margarida Cintra. PATRIMÔNIO DO LITORAL PAULISTA E VALE DO PARAÍBA. São Paulo, Editora Terceiro Nome, 2012.

KAMIDE, Edna Hiroe Miguita; PEREIRA, Cristina Rodrigues Epitácio. (Coordenação). PATRIMÔNIO CULTURAL PAULISTA: CONDEPHAAT: BENS TOMBADOS: 1968-1998. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado, 1998.

MAGALHÃES, Aluísio. BENS CULTURAIS: INSTRUMENTO PARA UM DESENVOLVIMENTO HARMONIOSO. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 20, p. 40-44. Brasília, Subsecretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1984.

OLIVEIRA, Cecília Helena de Sales. MUSEU PAULISTA: ESPAÇO CELEBRATIVO E MEMÓRIA DA INDEPENDÊNCIA. Memória e (Res)Sentimento (Stella Bresciani e Márcia Naxara: Organizadoras): p. 197-221. Campinas, Editora da Universidade de Campinas, 2004.

PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL: LEGISAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÇÃO AOS BENS CULTURAIS (Organizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Brasília, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1976.

REIS Filho, Nestor Goulart (Coordenação). GUIA DOS BENS TOMBADOS: SÃO PAULO. Rio de Janeiro, Expansão Editorial, 1986.

  1. 45-46

SALA, Dalton. O SERVIÇO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL: HISTÓRIA OFICIAL E ESTADO NOVO: 1937-1945. São Paulo, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 1988.

SALA, Dalton. GUIA DAS CASAS BANDEIRISTAS. São Paulo, Biblos Projeto e Comunicação, 2008.

TAUNAY, Afonso de Escragnole. GUIA DA SEÇÃO HISTÓRICA DO MUSEU PAULISTA. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado, 1937.

TOLEDO, Benedito Lima de. DO SÉCULO XVI AO INÍCIO DO SÉCULO XIX: MANEIRISMO, BARROCO, ROCOCÓ. História Geral da Arte no Brasil (Organização Walter Zanini): vol. I, p. 88-298. São Paulo, Instituto Walther Moreira Salles, 1983, vol. I-II.

 

POESIA

TEORIA DA ARTE

LEVY, Hannah. A PROPÓSITO DE TRÊS TEORIAS SOBRE O BARROCO. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 5, p. 259-284. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1941.

LEVY. Hannah. VALOR ARTÍSTICO E VALOR HISTÓRICO: IMPORTANTE PROBLEMA DA HISTÓRIA DA ARTE. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: nº 4, p. 181-192. Rio de Janeiro, Ministério da Educação e Saúde, 1940,

SALA, Dalton. ARTES PLÁSTICAS NO BRASIL COLONIAL. São Paulo, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 1996.

SALA, Dalton. O SERVIÇO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL: HISTÓRIA OFICIAL E ESTADO NOVO: 1937-1945. São Paulo, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 1988.

 

TEORIA DA HISTÓRIA

ARAÚJO, Maria Lucília Viveiros. O PAINEL DA CAPELA-MOR DA IGREJA DOS TERCEIROS FRANCISCANOS. Revista de História e Estudos Culturais: vol. III, nº 3, p. 1-14. Julho / Agosto / Setembro de 2006.

GURIÊVITCH, Aaron. A SÍNTESE HISTÓRICA E A ESCOLA DOS ANAIS. São Paulo, Editora Perspectiva, 2003.

LE GOFF, Jacques. HISTÓRIA E MEMÓRIA. Campinas, Universidade de Campinas, 1996.

MAURO, Frédéric. NOVA HISTÓRIA E NOVO MUNDO. São Paulo, Perspectiva, 1969.

WRZOSEK. IN SEARCH OF HISTORICAL TIME: AN ESSAY ON TIME, CULTURE AND HISTORY. Narration and Explanation: Contributions to the Methodology of the Historical Research: p. 126. Amsterdam-Atlanta, J. Topolski, 1990.

 

TRATADISTAS DE ARQUITETURA

ALBERTI, Leoni Battista. LIBRI DE RE ÆDIFICATORIA DECEM. Parhisiis, Bertholdus Rembold & Ludovicus Hornken, 1512.

PALLADIO, Andrea. I QUATTRO LIBRI DELL’ ARCHITETTURA. Veneza, Marc’ Antonio Brogiollo, 1642.

SERLIO, Sebastiano. TUTTE L’ OPERE D’ ARCHITETTURA ET PROSPETIVA DIVISO IN SETTE LIBRI. Venetia, Giacomo de Franceschi, 1619. Especialmente o Livro V, Das Habitações de Todos os Graus de Homens, e o Livro VI, Arquitetura Militar.

 

VÁRIA

AMICO, José Canziani. CIUDAD Y TERRITORIO EM LOS ANDES: CONTRIBUCIONES A LA HISTORIA DEK URBANISMO PREHISPÁNICO. Lima, Fondo Editorial de la Pontificia Universidad Católica del Peru, 2012.

ESTRAGÓ, Margarita Durán. PRESENCIA FRANCISCANA EN EL PARAGUAY: 1538-1824. Asunción, Edición de la Autora, 2005.

KIDDER, Daniel Parish. REMINISCÊNCIAS DE VIAGENS E PERMANÊNCIA NAS PROVÍNCIAS DO SUL DO BRASIL: RIO DE JANEIRO E PROVÍNCIA DE SÃO PAULO. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1980.

KLEINPENNING, Jan Martin Gerald. PARAGUAY: 1515-1870: UNA GEOGRAFIA TEMÁTICA DE SU DESARROLLO. Asunción, Editorial Tiempo de Historia, 2011.

 MONTEIRO LOBATO, José Bento de. O SACI. São Paulo Editora Brasiliense, 1958.

 MAQUIAVEL, Nicolau. DISCURSO SOBRE A ORDENAÇÃO DO ESTADO DE FLORENÇA PARA AS ARMAS. Política e Gestão Florentina: p. 55-58. São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, 2010.

PRADO Jr., Caio. A CIDADE DE SÃO PAULO: GEOGRAFIA E HISTÓRIA. São Paulo, Editora Brasiliense, 1998.

SCALEA, Neusa; SANTA ROSA (Organização. A CASA BANDEIRISTA DO ITAIM BIBI: MEMÓRIAS E RECORDAÇÕES DE UM BAIRRO. Cotia, Porto de Cultura, 2011.